Segurança sem rumo: tiroteio na frente de escola deixa dois mortos e três feridos

A população de Porto Alegre amanheceu nesta quarta-feira (17), com a notícia de um tiroteio em frente a uma escola no bairro Bom Jesus da capital. O saldo foram dois jovens mortos, de 20 e 23 anos, e três feridos, sendo um menino de 14 anos e uma menina de 8 anos (ambos alunos da escola) e um cadeirante de 62 anos. De acordo com testemunhas, três criminosos passaram, em um carro, atirando na direção da entrada da escola. A principal linha de investigação da Polícia Civil, é de que tenha sido uma demonstração de força de uma das facções criminosas que disputam o tráfico de drogas no local.

Infelizmente, esse tipo de notícia não escandaliza mais a população gaúcha. Essa é a mais dura realidade. Tiroteios na frente de escolas, assaltos em plena luz do dia, latrocínios constantes e assaltos a banco com bandidos tomando cidades inteiras como reféns, já passaram a fazer parte do cotidiano do povo gaúcho. Enquanto isso, nossos governantes parecem viver em uma realidade paralela, onde afirmam que o Rio Grande está no rumo certo. Infelizmente, para os pais das crianças baleadas quando estavam indo para a escola, esse rumo só leva ao desespero e ao medo. O mesmo medo que leva 77% da população de Porto Alegre a evitar sair durante a noite, com medo de ser vítima da violência.

Deixe uma resposta