Gutierrez, do Paraná, é o novo presidente da Cobrapol

O policial civil André Luiz Gutierrez, da Polícia Civil do Paraná, foi eleito hoje presidente da Confederação Brasileira dos Policiais Civis (COBRAPOL), para o mandato 2018/2022. Em seu discurso, após a eleição, Gutierrez enfatizou o seu compromisso de fortalecer os profissionais que representa – e. principalmente, com a implantação da Lei Orgânica da Policia Civil, considerada fundamental para as funções da Polícia Judiciária e a própria segurança pública dos cidadãos.

Congresso da COBRAPOL elege chapa unitária para o quadriênio 2018-2022

Após intensos debates e articulações entre as cinco federações filiadas à COBRAPOL e o Bloco (composto por representantes de outras entidades), os delegados presentes ao XVIII Congresso Nacional da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL) elegeram uma chapa unitária encabeçada pelo atual presidente André Luiz Gutierrez (PR), ficando, na 1ª vice-presidência, Giancarlo Miranda (MS),  e, na 2ª vice, Alex Galvão (DF).

Só não houve consenso em torno da indicação do 1º vice-presidente, ficando para a plenária decidir entre Giancarlo Miranda (MS), apresentado pela FEIPOL-CO, e Moacir Maia de Freitas, este último indicado pela FEIPOL-NORTE. Por maioria, os delegados indicaram Giancarlo que passou a integrar a chapa do entendimento. Todos os dois dirigentes conclamaram à unidade em torno da nova direção da entidade. Leia mais… »

SINPOL-SC EM BRASÍLIA

Nesta quinta-feira (24), o presidente do SINPOL-SC, acompanhou em Brasília o julgamento de Ação Direta de Inconstitucionalidade 5039 (ADI 5039), na qual se questiona lei do Estado de Rondônia sobre os critérios de aposentadoria dos policiais civis do Estado.

O julgamento que havia sido iniciado na quarta-feira (23), com apresentação do relatório pelo ministro Edson Fachin e sustentação oral das partes e dos amicus curiae (Amigos da Corte), que dentre eles, se destaca, a Confederação Brasileira de Trabalhadores de Policias Civis (COBRAPOL), foi transferido para quinta (24), na qual está suspenso pelo pedido de vistas do ministro Alexandre de Moraes. Leia mais… »

Congresso da COBRAPOL tem início com destacada representatividade

Teve início hoje (25) pela manhã, no Hotel Carlton, em Brasília (DF), o XVIII Congresso Nacional da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL).  O evento conta com quase 100 delegados representantes das entidades filiadas de todo país.

Na abertura dos trabalhos (foto), após a entoação do Hino Nacional brasileiro, o presidente André Luiz Gutierrez, depois de compor a mesa com os representantes das Federações filiadas à Confederação, saudou todos os delegados, ressaltou a representatividade do Congresso e conclamou à unidade em torno da defesa dos interesses da categoria. Leia mais… »

UGEIRM pede interdição do prédio da DDPA de São Leopoldo ao Ministério Público

Na quinta-feira (24), a UGEIRM protocolou uma denúncia de irregularidade no funcionamento da Delegacia de Pronto Atendimento de São Leopoldo. A denúncia levanta a situação precária do prédio onde funciona a delegacia, citando as condições sanitárias que expõe os policiais a um iminente risco de contrair doenças infecto-contagiosas, a falta de alvará sanitário e a inexistência de PPCI (Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios).

A denúncia foi feita após uma série de vistorias realizadas pelo Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Vigilância Sanitária, atendendo solicitação da UGEIRM. Os órgãos foram unânimes em apontar uma série de irregularidades que justificam a interdição do prédio, por total falta de condições de funcionamento e pelo riscos que representam à saúde e à integridade física dos policiais e da população que utiliza os serviços da polícia no município. Leia mais… »

Assembleia Geral Extraordinária SINPOL-SC

Foi realizada na quarta-feira (23), Assembleia Geral Extraordinária (A.G.E), do SINPOL-SC. O objetivo do encontro foi a eleição do Conselho Fiscal, assim como a posse de seus membros e a exposição de motivos para pedido de autorização para mudança da sede do sindicato e assuntos gerais, se houvessem.

Abriu-se a pauta pela ordem da eleição suplementar dos membros do Conselho Fiscal para o período 2018/2019, restando já eleitos no dia 23 de março desse ano, os conselheiros Maurício Graciano de Lima e Frank Willy Vieira. Durante a assembleia, o único a se candidatar a conselheiro, foi José Carlos Ramos de Oliveira, eleito por unanimidade pela assembleia. Seguiu-se com a realização da posse dos conselheiros fiscais, sendo eleito pelos conselheiros, Maurício Graciano de Lima como Coordenador do Conselho Fiscal. Leia mais… »

Congresso da COBRAPOL reunirá expressiva representação da categoria de todo país

A Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL) promove, a partir de amanhã (25) até sábado (26), em Brasília (DF), o seu XVIII Congresso Nacional, que elegerá a Diretoria da entidade para o quadriênio 2018-2022. A previsão é de que o evento reúna um dos maiores números de delegados e representantes dos sindicatos e federações filiadas à COBRAPOL.

No dia 25 pela manhã haverá a prestação de contas da entidade e, no período da tarde, a eleição da nova direção. No sábado, os delegados tratarão de assuntos gerais e farão o encerramento do Congresso. Leia mais… »

Câmara promove Seminário sobre as alterações no Código de Processo Penal. COBRAPOL presente!

A Câmara dos Deputados promoveu ontem (23), no auditório Nereu Ramos, o Seminário “O Código de Processo Penal como Instrumento de Eficiência da Justiça: uma análise da minuta do Substitutivo do PL 8045”. O evento reuniu, além de diversos parlamentares, profissionais da segurança pública de todo o País.

Os debates foram mediados pelo deputado Subtenente Gonzaga (PDT/MG) que idealizou o evento. Trata-se ainda de uma iniciativa da Frente Parlamentar de Apoio à Adoção da Policia de Ciclo Completo no Brasil. Leia mais… »

3ª DPPA, sobrecarregada, passa a receber flagrantes de Guaíba

Desde o dia 14 de maio, os flagrantes da cidade de Guaíba, na região metropolitana, passaram a ser direcionados para a 3ª DPPA, em Porto Alegre. Anteriormente, essas ocorrências eram recebidas pela DPPA de Canoas.

Os(as) agentes da DPPA alegam que não houve nenhuma comunicação prévia informando as motivações dessa mudança. A única informação disponível, é que existe uma insatisfação da Brigada Militar de Guaíba, diante da necessidade de ter que levar os procedimentos até a cidade de Canoas. Diante disso, teria havido um acordo do prefeito com o Secretário de Segurança que, durante o período noturno e nos finais de semana, os flagrantes de Guaíba seria apresentados na 3ª DPPA. Leia mais… »