FEPOLNORTE contesta, com apoio da COBRAPOL, resolução do Conselho de Chefes de Polícia sobre identidade funcional

O presidente em exercício da Federação dos Policiais Civis da Região Norte (FEPOLNORTE), Leandro Almeida (foto), emitiu nota nesta segunda-feira (18) na qual contesta a Resolução nº 02/2018, emitida pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, na última quarta-feira, 13, que institui a padronização das identidades funcionais a ser observada pelas Polícias Civis dos Estados e do Distrito Federal.

A FEPOLNORTE apoia sim a padronização de identificação dos Policiais Civis brasileiros, demanda pautada pela Confederação Brasileira dos Policiais Civis (COBRAPOL), veiculada no projeto de lei orgânica nacional, já protocolado no Ministério da Segurança Pública. No entanto, não apoia a criação de modelo binário de identidade funcional no âmbito das Polícias Civis, sendo um modelo para o cargo de Delegado e outro modelo para as dezenas de outros cargos que existem nas Polícias Civis de todo o país. Leia mais… »

Programa de Policiais Civis Aposentados para Prestação de Tarefa por Tempo Determinado tem último dia de inscrições

As inscrições para o Programa de Policiais Civis Aposentados para Prestação de Tarefa por Tempo Determinado encerram-se nesta segunda-feira (18). O edital nº 01/2018, da Divisão de Pessoal da Polícia Civil visa preencher 80 vagas e foi lançado no último dia 13 de junho. As inscrições podem ser feitas, exclusivamente pela internet, em ato único, no campo próprio do site da Polícia Civil, ou através do link: http://ppca.pc.rs.gov.br/

Após realizadas as inscrições, ficará a cargo da Divisão de Pessoal a análise da documentação anexada pelo inscrito e publicação do resultado final para posterior escolha dos locais de lotação pelos candidatos, tendo preferência na escolha os melhores classificados.

Os candidatos aprovados no processo seletivo exercerão as seguintes atividades: atendimento ao público; registro de ocorrências; serviço de plantão; serviços de informática; serviços de secretaria e de apoio administrativo em geral; serviços cartorários; atividades de ensino e treinamento; condução de veículos oficiais; atividades de videomonitoramento; serviço de apoio às operações especializadas de segurança pública. Leia mais… »

Direção da UGEIRM visita DPPA de Pelotas e verifica situação da carceragem

A direção da UGEIRM esteve, nesta quinta-feira (14), na Delegacia de Pronto Atendimento de Pelotas. A visita teve como objetivo, apurar pessoalmente a situação da carceragem da delegacia e se reunir com os (as) Policiais Civis, na busca de uma solução para a permanência de presos nas celas da delegacia.

Desde a semana passada, os (as) Agentes, que trabalham na DPPA de Pelotas, têm tido uma grande dificuldade para conseguir vagas no sistema prisional da região. Os problemas começaram quando a justiça determinou a interdição do presídio regional de Pelotas. Essa situação, onde os(as) policiais têm sido obrigados a atuar em claro desvio de função, vem trazendo graves problemas aos (às) Agentes, com um nível de stress insuportável no cotidiano da delegacia. Leia mais… »

Edital para convocação de policiais aposentados é publicado no DOE

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (13), o edital de abertura das inscrições do Programa de Policiais Civis Aposentados para Prestação de Tarefa por Tempo Determinado. O edital visa o preenchimento de 80 vagas para as seguintes atividades: atendimento ao público, registro de ocorrências, serviço de plantão, serviços de informática, serviços de secretaria e de apoio administrativo em geral, serviços cartorários, atividades de ensino e treinamento, condução de veículos oficiais, atividades de videomonitoramento e serviço de apoio às operações especializadas de segurança pública. Leia mais… »

Justiça quer que Congresso instale CPI da dívida pública

O juiz Waldermar Cláudio de Carvalho, da Justiça Federal de Brasília, determinou que o Congresso instale Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para realizar auditoria da dívida pública brasileira. O magistrado atendeu pedido da Associação Auditoria Cidadã da Dívida, que representa dezenas de entidades, principalmente sindicatos de servidores. No jornal Hora do Povo

No pedido, a entidade diz que em 2016 a dívida pública alcançou R$ 4,5 trilhões, e vem crescendo apesar do pagamento de “juros extorsivos”, remuneração de bancos privados e prejuízos ao Banco Central em operações de câmbio. Em 2017 foram pagos somente a título de juros R$ 400 bilhões. Leia mais… »

Governo brasileiro quer aniquilar sindicatos, dizem centrais na OIT

Na conferência de Genebra, representantes dos trabalhadores acusam Executivo de reduzir direitos e promover mudanças sem qualquer consulta a sindicalistas, juízes, advogados e procuradores

Enquanto o governo brasileiro tenta neutralizar a denúncia de violar convenções internacionais, as centrais sindicais continuam denunciando o país pelas consequências de sua “reforma” trabalhista. O delegado dos trabalhadores brasileiros na 107ª Conferência Internacional do Trabalho, José Calixto Ramos, afirmou que o governo, além de reduzir direitos e tentar flexibilizar o conceito de trabalho escravo, tem como propósito “a aniquilação dos sindicatos, indo na contramão da OIT, que reconhece a existência de sindicatos fortes, atuantes e bem estruturados como imprescindível para o equilíbrio das relações trabalhistas”. Leia mais… »